Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Funcionários da Santa Casa tumultuam sessão da Câmara de Vereadores

Funcionários da Santa Casa tumultuam sessão da Câmara de Vereadores

por Administrador última modificação 13/04/2016 11h59

Munidos de faixas e cartazes eles vieram protestar contra a atitude dos vereadores que ingressaram com um pedido de intervenção no Ministério Público em repúdio ao fechamento do Pronto Socorro, nos últimos dias 5 e 6, com a alegação de falta de médicos para atendimento. Dois servidores daquela instituição, sendo um médico e uma enfermeira, usaram a Tribuna Livre para expor as razões do fechamento, sendo constantemente ovacionados por aplausos e gritos de manifestações favoráveis à seus depoimentos. Porém, no momento em que uma senhora, também inscrita para usar o espaço, reclamava e denunciava uma seqüência de maus atendimentos que recebeu na instituição, o grupo se manifestou com vaias e xingamentos, numa tentativa de intimidação. Em seguida ameaçaram um vereador durante seu pronunciamento, o que ocasionou a decisão do encerramento da sessão.

 

Segundo os vereadores, é incompreensível a atitude desses servidores da Santa Casa, uma vez que a Câmara Municipal votou favorável ao aumento da subvenção àquela instituição, praticamente dobrando o valor dos recursos. Lembram os vereadores, que o Legislativo tomou o cuidado de especificar que esses recursos seriam exclusivamente destinados para manter o quadro de médicos para funcionamento do Pronto Socorro, o que não justifica a alegação da instituição para o seu fechamento.

 

Outro fato que causa estranheza, segundo os vereadores, é que em recente audiência pública promovida pela Câmara, estiveram frente a frente o prefeito e a diretora administrativa da Santa Casa. Na oportunidade, o prefeito alegou que os recursos repassados pela Prefeitura eram suficientes para o funcionamento do Pronto Socorro e que em nenhum momento foi questionado pela diretora, portanto concordando com a afirmação.

 

Finalizando, os vereadores afirmam que a Câmara sempre esteve de portas abertas para aquela instituição e nunca se furtou de conversar e contribuir na busca de soluções para os problemas que enfrenta. O que não admitem é que nem foram comunicados do fechamento do Pronto Socorro, deixando evidente a necessidade de esclarecimentos para garantir a preservação da instituição, que é um patrimônio da cidade, além da qualidade de atendimento à saúde da população.

    



Rádio Legislativa
If your video does not start playing shortly, please ensure that you have JavaScript enabled and the latest version of Adobe Flash Player (http://www.adobe.com/products/flashplayer/) installed.
Audio Player
More…
Pesquisa de Opinião

Qual o melhor veículo de comunicação para você acompanhar as sessões ordinárias AO VIVO?

FACEBOOK
YOUTUBE
TV
RÁDIO
SITE CÂMARA
spinner
Total de votos: 193
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo